... Virtude ...

domingo, 15 de novembro de 2009

Estaca Zero!

Bem, fiquei pela intenção, hoje iria participar na 1ª Corrida e Caminhada ‘Mão Solidária’ mas afinal o joelho deu sinal de fraqueza. Na quinta-feira ao fim de mais um dia de fisioterapia no duro a caminho de casa, o joelho começou a dar sinal de mau estar, fiquei preocupado então afinal em vez de melhorar estava a piorar! Na sexta-feira tive o dia todo com ligeiro mau estar, quando fui a fisioterapia alertei para o sucedido, disseram se tinha feito algum movimento que provocasse um entorse! Penso que não! Fiz tudo sem que o joelho desse sinal de fraqueza ate que na massoterapia ai sim, durante a massagem as dores aumentaram o tendão estava em alta tensão, ao ponto da técnica dizer, “ate parece uma corda esticada”. As dores eram muitas, mal as mãos “dedos” tocavam no tendão. Então assim no sábado fiz repouso, gelo e massagens com pomada, mesmo assim não me senti a vontade em participar na prova, mesmo estando bem, talvez para não piorar a situação. Após duas semanas de fisioterapia duas provas, Corrida do Tejo e Family Race, e alguns treinos estando a melhorar a bom ritmo e sem dores. Com alguma tristeza vou enfrentar mais uma semana de fisioterapia, nunca sabendo o dia de amanhã!

Boa semana para todos

Abraços

4 comentários:

José Alberto disse...

Olá Vítor,

É muito frustante essa sensação de gostar de correr e não poder. Há que ter muita calma e resolver de vez as lesões. Depois, é estar sempre atento ao corpo, respeitando as "regras" básicas, o que muitas vezes não fazemos.

Espero que tudo se resolva rápidamente, como é seu desejo. Até lá, muita paciência.

Abraço

José Alberto

Rui Pena disse...

Estou inteiramente de acordo com o José Alberto. Há que ter paciência e resolver bem as lesões. Espero que te recomponhas rapidamente.


Abraço,

Rui

luis mota disse...

Olá Vítor!
Nesta fase é uma pena a lesão.
Agora é seguir os conselhos do fisiatra. A articulação (são 3, é a tal bicondilomeniscotrocleartrose) do joelho é para ter o máximo de cuidado. Curar bem e depois seguir a prescrição e não o que pensamos ser o melhor tratamento.
Uma boa recuperação.
Luís mota

joaquim adelino disse...

Desejo rápidas melhoras.
O nosso desejo nem sempre é compatível com aquilo que está disponível para o conseguir e aquilo (bicond...qualquer coisa) que o luís diz deve merecer muita atenção.
Abraço.