... Virtude ...

domingo, 13 de dezembro de 2009

Recordar o que houve de bom!!

Eu, (dorsal 11) amigo Mario Lima (42)
Foto Joaquim Ferreira

Hoje realizou-se o 52º grande premio de natal, organizado pela associação de atletismo de Lisboa juntamente com a sportzone e com a colaboração da Câmara Municipal de Lisboa e runporto, na qual que eu participei na prova de 10km. Mais uma vez fui na companhia do António e da nossa fotógrafa, Isabel. Chegamos bem cedo a Praça dos Restauradores ao encontro da família Mota para entregar-lhes os dorsais, o António generosamente tinha efectuado os levantamentos deles no dia anterior, o meu também, mais uma vez obrigado. Estava uma manha soalheira mas estava muito frio ainda tivemos tempo que sobra para tomar café para tentar aquecer, fomos a pastelaria Gelo alias gelo nem se sentia, estava um quentinho agradável, muito melhor que na rua. Ainda bem que fui cedo porque deu para ver e dar incentivo a Marina Mota participou na marcha atlética de 3km terminando merecidamente em primeiro lugar, e o Luís Carlos que efectuou os 2km terminando em 5º lugar, os meus parabéns pelas suas performances. Dirigimo-nos para a Praça de Saldanha o local de partida da prova de 10km. Estávamos distante do local, mas como eu digo a distância não importa para atletas, pois deu para efectuar um aquecimento, mas o frio era tanto que só estava bem ao sol. Antas da partida ainda reencontrei com alguns amigos, Mário Lima, Carlos Lopes, Magro, lá estava também luís Mota e Susan, entre outros que conheci. A prova no meu entender era fácil e dava para muitos atletas tentarem melhorar os seus tempos na distância, era isso que pretendia. Na hora marcada deu-se o sinal partida e fomos em direcção ao ponto de retorno junto à Churrasqueira, nos primeiros metros formou-se um grupo três eu, António e o Mário Lima, íamos num ritmo elevado e logo tentei abrandar porque esta primeira parte era um pouco difícil derivado aos três túneis, seis subidas e seis descidas! O António logo nos abandonou, excelente forma que está, e segui na companhia do Mário Lima. No local de retorno junto ao metro do Campo Grande por traz da Churrasqueira, relembrei da ida ao Porto no passado dia 8 de Novembro, excelente fim-de-semana. Pouco tempo depois ao 16min, antes de enfrentar a segunda fase dos túneis o Mário disse para eu seguir, dei-lhe o último incentivo e segui em direcção a meta para tentar melhorar o meu tempo. As “subidas” fizeram algumas moças pelo elevado ritmo que levava os gémeos começara a ressentir, ainda bem não foi nada de especial. Tinha já em mente melhorar o tempo porque os últimos 4km eram sempre a descer, tinha que aproveitar essa parte favorável foi isso que eu fiz, mas a parte negativa da prova ainda viria a acontecer. Já em plena Avenida da Liberdade avistei o Luís Mota que tinha terminado a prova, acenou e disse 33min! Logo de seguida vi na parte da meta o relógio da prova que marcava 39min, deu-me animo e força para esse último km porque poderia baixar dos 45min, ainda me cruzei com o António já ia nos últimos metros, acelerei a marcha mas o pedrado na Praça Dom Pedro IV dificultou um pouco, mas fiz no máximo que pude, mas na direcção da meta no Saldanha a 100m do fim estava um aglomerado de corredores parados em sua direcção, acho que a organização da prova procedeu mal nesta situação porque o escoamento não se realizou da melhor forma, por esse motivo impediu que alguns atletas terminassem as suas provas, ao momento da minha paragem ia com 42,20min que daria para conquistar um novo recorde pessoal, os últimos 100m fiz em 6min. No final recebemos uma t-shirt alusiva a prova e uma garrafa de água, havia muito espaço para efectuarem as entregas, acho que não era necessária esta confusão tremenda. Depois foi o convívio com os companheiros de bloggers, sempre um ponto positivo numa amizade em crescente evolução. Assim acabo mais um relato de mais um dia de corrida e convívio. Agora só falta as fotos que a fotógrafa Isabel tirou.

Ate sábado, uma expectativa de mais um fim-de-semana cheio de convívio, este em Sevilha para quem vai, quem não vai tenha bom fim-de-semana.

Abraços e bjs





Seguem Fotos da Isabel:





Vitor, Isabel, Antonio, Luis Carlos, Mariana, Mota, Susan

Local da Meta, 9h00 "que frio"


Impedido de treminar a correr!! Contente por ver a Isa :-)


Luis Carlos, Susan, Magro, Isabel, Antonio,Vitor, Mariana, Mota,

Mario Lima


"Blogeers" companhia de Pedro Ferreira




5 comentários:

luis mota disse...

Olá Vítor!
Uma grande evolução a tua. Hoje em Lisboa estiveste em grande nível. Muitos parabéns!
Votos de uma boa semana
Luís Mota

António Almeida disse...

Olá Vitor
estiveste bem, pena a grande vergonha que se tornou a parte final do dito Grande Prémio de Natal, adiante...
Boa semana.
Abraço.

Joaquim Ferreira disse...

Caro Vitor!

Foi uma tremenda "partida" de Carnaval (antecipado) da (des)Organização da Prova, em época natalícia, pois todos os Companheiros de corrida previam para esta Prova, a "queda" dos Recordes pessoais;

Fica o "sentimento" do dever cumprido e a vontade de continuar a passada firme!

Parabéns pela Prova e continuação de boas Corridas!

Fotos do Vitor, possivelmente (?!?) no meu Blogue! Disponha!

2010 será concerteza melhor!

Mário Lima disse...

Olá Vitor

Mais uma vez começamos juntos e, como referes neste teu tema, o andamento inicial foi muito forte e como sou melhor a descer que a subir (embora as subidas com km não me façam grande mossa, estas curtinhas são um desespero para mim) tive que com tão pouco tempo de corrida de dizer-te para seguires pois eu já naõ dava mais e só te iria impedir de conseguires um bom tempo.

Mas se não fui quem to impediu foi a quem nunca deveria ser, a (des)organização da prova.

Para já não tem 10 km e aquele final é inadmissível para uma prova que já vai na 52ª edição. Assim nunca mais lá me apanham.

Parabéns pela tua prova e os desejos de Boas Festas!

Pedro Ferreira disse...

Vítor,
Vamos lembrando apenas as coisas boas: o convívio com os amigos e o prazer de correr.
O resto não nos afecta e não nos vai impedir de continuarmos a perseguir as nossas metas.