... Virtude ...

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

2º CORRIDA DA LINHA – Cascais / Destak

No passado dia 20 de Setembro de 2009, participei na “2º CORRIDA DA LINHA”, corrida que desta vez participaram a equipa TANDUR nos “10km Carcavelos/Cascais” e as Apoiantes TANDUR nos “3km Estoril/Cascais”, simplificando, Vítor e António, Ruth e Carolina, Isabel e Vitoria. Foi uma manha de domingo com muito sol, muito divertida que passamos juntos. Combinamos partir bem cedo para Cascais eram 8h00, porque ia deixar lá a viatura e iríamos de comboio para as zonas de partida. Primeiro saíram as meninas na estação do Estoril, e lá seguimos para Carcavelos, como não sabia-mos ao certo qual era estação de saída, esperamos que os outros atletas saíssem, e assim foi. Como ainda era longe e relativamente cedo aproveitamos para fazer o aquecimento e por azar meu começou a doer ligeiramente o joelho, fiquei desanimado. O aquecimento não nos valeu de muito porque a partida foi atrasada 20minutos por não haver policiamento, o que é de lamentar. Da prova não há nada a dizer, os TANDUR foram juntos ate meio da prova a um ritmo razoavelmente bom ate que o António aumentou o seu ritmo e eu comecei a sentir alguma dificuldade por causa do joelho mas deu para completar a prova. António acabou a prova em 46’26’’ e eu terminei com o tempo de 48’12’’.Segundo as classificações aqui disponíveis em que participaram 2226 atletas na prova de 10km. Quando cheguei lá estavam as apoiantes TANDUR a espera, já tinham efectuado a caminhada. Aproveitamos para ficar mais um pouco na bonita Baia de Cascais para tiramos algumas fotos para recordar, que por coincidência as meninas foram brindadas por uma fotógrafa do jornal Destak, que lhes tirou uma fotografia para ficaram no álbum da corrida, aqui disponível. Foi mais uma participação numa prova que gostei bastante e provavelmente participar para o ano!
Continuação de boas corridas

terça-feira, 29 de setembro de 2009

33ª Meia-Maratona São João das Lampas (parte 2)

Na tarde do passado sábado, dia 12 de Setembro 2009, participei na 33ª Meia-Maratona de São João das Lampas, esta foi a minha primeira participação de “meias” e logo esta, só “RAMPAS”. Esta prova não estava nos meus planos por ser 21km e logo ser em São João das Lampas, por ter sido incentivado pelo António em fazer esta prova, duas semanas antes pus-me a prova e tentei fazer duas horas de corrida, então fiz 22900m em 2h10, pensei logo, acho que sou capaz de pelo menos acabar. Desta vez cheguei bem cedo porque o António iria participar numa iniciativa de fazer 35km, 14km de “aquecimento” e os restantes 21km na prova da “meia”. Mesmo chegando cedo foi benéfico, deu para relaxar e visitar São João das Lampas sitio aonde não tinha visitado. Antes da prova deu-se o espectáculo dos pára-quedistas, lá estava o helicóptero estacionado e logo aproveitei para tirar umas fotos. Lá levantou voo e um a um foram aterrando os pára-quedistas, muito bonito. A hora da partida a chegar eu começava a ficar nervoso, preocupado, pois para um principiante de “Meia” e não ser uma qualquer, pelas palavras de outros corredores. Não estava muito confiante em terminar, e, que ate não correu muito mal. Foi uma prova que tive o privilégio de correr a maior parte da prova ao lado do António que também tivemos uma companhia inesperada do Joaquim Adelino amigo que conheci na prova da “Corrida do Avante”. Foi bastante agradável correr a prova junto com eles que me motivou imenso, que em certos momentos em tom de brincadeira ia perguntando a eles se sentiam bem, hihihihiihih. Fiquei impressionado quando o Joaquim virando-se para nos dizendo que ia acelerar um pouco que iria se refrescar, que para meu espanto quando vejo um tanque cheio de agua, pondo o boné dentro agua enchendo colocando-o na cabeça, que belo refresco. Na passagem por São João das Lampas fomos "refrescados" com o forte incentivo da Carolina, da Vitória da Ruth e da Isabel, esta tirando algumas fotos. Partimos então para os 8km finais, por coincidência iria no sentido da meta o primeiro classificado que nos levava muitos quilómetros de avanço, impressionante. Aos 16km o António decidiu forçar o seu andamento e abalou ficando eu e o Joaquim, que me tinha dito assim,” só falta uma subida difícil aos 18km depois e sempre descer ate lampas”, e lá fomos nós, sempre no mesmo ritmo. Ate ao momento que o Joaquim aos 19km decidiu acelerar o seu ritmo e foi, que no final disse-me que era para apanhar outro atleta, mas outro atleta pensou o mesmo foi em vão o esforço. Logo a seguir cheguei eu, vi a Carolina a minha espera e acabaríamos por cortar a linha de meta de mão dada. Finalizei a prova com um tempo que eu não estava nada a espera, 1h53'53. Por mim resta-me agradecer uma excelente tarde de sábado, na companhia da família e amigos, escusado será dizer que volto para o ano.
Agora venham mais!


Continuação de boas corridas

Fotodiploma da 33ª Meia-Maratona de São João das Lampas.




22ª Corrida da Festa do Avante



No passado dia 6 de Setembro de 2009 voltei a participar numa prova organizada, 22ª Corrida da Festa do Avante, prova que gostei muito.
Foi a primeira, na minha nova era de corredor, uma prova que tive como companhia o meu cunhado e demoramos por volta de 49 minutos para percorrer a distancia de cerca 10km, que pelo GPS do meu cunhado são 9600m!!
Por ser relativamente perto de minha casa fui um pouco a confiança com o tempo, mas foi mau programado. Porque foi um caso serio para estacionar o carro e os minutos a passarem, lá consegui mas já era em cima da hora de partida.
Quando ia para levantar o dorsal já vinha a minha cunhada Isabel com ele, fiquei mais aliviado. Nem deu para aquecer deu só para tirar uma foto com o António.
Deu-se sinal de partida, ainda vi a minha Carolina com a prima Vitoria, outra cunhada João e a sogra. Mais a frente estava as fotógrafas Ruth e Isabel, as apoiantes TANDUR.
Lá seguimos sentia-me bem, excepto na parte final. Fizemos sempre a um bom ritmo mas fui a “boleia” do António, se não fosse assim penso eu não conseguia fazer este tempo. Na linha de meta lá estavam todas a nossa espera, batendo planas e gritando os nossos nomes, ate tinham balões com os nomes, muito lindo.
Uma corrida com festa é sempre uma grande festa. No final o António reencontrou amigos corredores, para mim foi um prazer confraternizar também com eles as emoções da prova. Foi assim a primeira prova, a primeira de muitas que se avizinham.


Continuação de boas corridas

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Treino longo


Hoje foi dia de treino longo como tinha planeado. Ia fazer duas horas de corrida para percorrer 21km, como ficou planeado com o meu cunhado fazermos do Monte Caparica, Cacilhas, Cova da Piedade, Corroios, Sobreda, Capuchos, e Costa da Caparica mais propriamente na Inatel que teríamos a nossa esperas as nossas meninas e companheiras.
Tudo parecia bem porque eu tinha tido muitas dores no joelho esquerdo durante a semana passada, por ter abusado nos treinos, uma inflamação muscular diagnosticado pela doutora das urgências do centro de saúde de Almada.
Então hoje bem cedo pelas 8h00 saímos no sentido de fazer o treino eu as 2h e meu cunhado ia fazer 3h, anda a treinar para a Maratona do Porto, lá fomos eu sentia-me bem com algum receio que acontece-se algo de anormal com o joelho tive sempre muito cuidado para não esforçar, mas o pior aconteceu ao quilometro 12km ia-mos na Sobreda, com 1h10 o joelho cedeu foi doloroso porque fui um esticão que senti que tive de parar de imediato, tentei prosseguir mas foi em vão com tal dores que tinha.
Tive que telefonar a Ruth para me ir buscar e os planos foram por água abaixo.
O António prosseguiu o seu treino como final a Inatel.
Como estava já tudo combinado teve que ficar na mesma, mesmo sem a minha continuação, a Ruth chegou ao pé de mim eu mal conseguia andar, dai fomos buscar a minha cunhada e sobrinha, voltei para minha casa para tomar banho e de seguida dirigirmos ao ponto de encontro na Inatel.
Chegamos, e pouco depois o meu cunhado também, correr tudo como previsto teve sim que alterar o percurso e fez o tempo previsto.
Ficamos no parque porque as primas Carolina e Vitoria brincaram no escorrega que lá existe. Este foi um dia mau, pela minha lesão e porque para semana ia a Meia
Maratona de Lisboa, sempre a quis percorrer e assim penso que não vai dar para ir, vamos ver como corre esta semana, há sempre aquela esperança.
Esta tarde foi mesmo de repouso muito gelo e creme, e esta semana que avizinha também o vai ser, vamos ver se estou melhor no domingo.

Continuação de boas corridas

domingo, 27 de setembro de 2009

Voltei!!!

Como tinha dito do meu regresso as corridas, e verdade, recomecei em Julho a fazer treinos praticamente dia sim, dia não, ou pelo menos três vezes por semana para conseguir a melhor forma o mais breve possível.
Quando regressava do trabalho, chegava a casa e equipava-me e seguia logo para os meus treinos, para não ter a preguiça e a vontade de não ir correr, foi difícil.
Para não sentir só, convidava o meu pai para fazer companhia, ele ia de bicicleta e eu corria, ajudou-me muito, foi assim nos primeiros treinos.
Ia ate ao parque da paz para treinar, sítio familiar, e fiz também alguns treinos em estrada, muito perigoso por causa do trânsito infernal que existe em Almada.
Em Agosto entrei em período de férias, bem merecido, como tradicional de alguns anos para cá dirigimos, eu e as minhas meninas, para o bonito Algarve, propriamente para Portimão.
Antes de ir de férias comecei a preparar os percursos que iria fazer, no site “maps.google.pt”, para ir já preparado, para não andar a correr a toa.
Mesmo em tempo de descanso merecido não deixei de correr, foi preciso ter muita força de vontade.
No último dia de férias no Algarve, tive como companhia no treino meu cunhado António Almeida que tinha chegado com a sua família, Isabel e Vitoria, também para gozarem as merecidas ferias.
Então foi uma hora de corrida pelas ruas de Portimão, praia do vau.
Com este mês de Agosto com muito calor, que já alguns anos não era assim, a romaria em direcção a praia e inevitável com as minhas meninas, então ai, também fiz corrida no areal da Costa da Caparica.
Num desses treinos também tive a companhia do meu cunhado.
Com o Setembro a chegar e as provas organizadas tinha que estar em forma, o mínimo de resistência para participar, e logo a primeira foi a 6 de Setembro 2009 “Corrida Festa do Avante”.


Continuação de boas corridas

sábado, 26 de setembro de 2009

Virtude Viciosa

Pensamento/Reflexão

Como se tivéssemos o tacto infectado, corrompemos com a nossa manipulação as coisas que por si mesmas são belas e boas. Podemos aprender a virtude de forma que ela se tornará viciosa, se a abraçarmos com um desejo demasiadamente ávido e violento. Os que dizem que na virtude nunca há excesso, porque já não há virtude se o excesso ali está, jogam com as palavras: O sábio deve receber o nome de insensato, o justo o de injusto se eles forem longe demais, mesmo nos seus esforços para atingir a virtude (Horácio). É uma consideração subtil da filosofia. Pode-se tanto amar demais a virtude como se comportar com excesso numa acção justa. A esse ponto de vista se ajusta a voz divina: Não sejais mais sábios do que é preciso, mas sede sobriamente sábios (São Paulo).

Michel de Montaigne, in 'Ensaios'

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Como Apareceu a Vontade de Correr

Este vício de correr apareceu em 2003, eu sempre fiz desporto andava muito de bicicleta, jogar a bola, volei, etc.
Nos dias de hoje quando tenho oportunidade aproveito e pratico.
Falando como apareceu também o bichinho de correr, este foi um desporto que nunca me puxou grande interesse por ser talvez um tanto mais individual e muita solidão, mas por vezes sem experimentar não se sabe se gosta ou não, e foi assim que no ano de 2003, que nessa altura o meu cunhado António Almeida já corria fazia os seus treinos e participava nas provas organizadas.
Quando ele ia as provas eu, a minha esposa Ruth e minha cunhada Isabel Almeida, nós os três acompanhávamos ele nas provas e foi dai que apareceu a vontade de correr, era muito interessante ver aquela alegria companheirismos amizade que havia nas corridas.






A partir dai que eu comecei também a fazer os meus treinos, também na companhia do António Almeida no local privilegiado que é o Parque da Paz em Almada, e no terreno da Quinta da Marialva, que nos dias de hoje também os frequento. Primeira vez que fui correr ate parece que foi hoje, ainda me lembro tão bem, logo no primeiro dia de treino fiz 10km, senti-me tão bem nesse dia que parecia ser fácil, mas, no dia a seguir mal podia abaixar com tal dor de pernas!!! Coisa de principiante!!!






Fui fazendo os meus treininhos, participando também em alguma provas, como a Mini Maratona de Lisboa que participei em 2003 e 2005, Corrida das Fogueiras 2003, 1º de Maio 2003, Terry Foz 2003, Cross do Jamor 2004, Festa do Avante 2004. E foi assim que desde então que tenho como “paixão” a corrida.





























Mas não foi sempre assim,

foi em Julho de 2005 que a minha querida Ruth deu a luz a nossa princesa,

Carolina Filipa, eu sempre com tanta vontade de estar sempre ao
lado delas, e ver a minha princesa crescer,

fui pondo a corrida de lado.






Ia, de vez em quanto mas não frequentemente como fazia, e foi assim praticamente durante 3 anos.



Este ano tomei a decisão então começar de novo e cá estou eu com tanta vontade como antes. E é tão bom fazer o que se gosta, que não há palavras par descrever esta alegria.


Então façam como eu, nunca desistam.



Continuação de boas corridas

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O Nascimento




Sejam bem vindos, nasceu mais um blog, Correr uma Virtude Viciosa
Apresentando-me, eu Vítor Veloso tenho 34 aninhos, nasci em Lisboa actualmente resido em Almada e trabalho em Palmela, sou casado e muito feliz, amo-te Ruth, e especialmente super feliz por ter uma menina linda, Carolina Filipa.
Decidi aproveitar mais esta oportunidade e criar um espaço de partilha; com a família, com os amigos, com quem quiser.Sendo um blog de um "pretenso corredor" não falará somente de corridas. Falará de outras coisas da vida, daqueles pensamentos que a corrida me ajuda a descobrir. Depois de algum tempo, longo tempo, voltei a correr com frequência, como fazia em 2003. Por isso que digo” Gosto de Correr”.
Por hoje fico-me por aqui mas voltarei brevemente.


Até lá façam o favor de correr!


Abraço


Vitor Veloso