... Virtude ...

domingo, 25 de outubro de 2009

29ª Corrida do Tejo





Hoje participei na 29ª Corrida do Tejo, corrida disputada na marginal, entre Algés e Oeiras, numa distância de 10 quilómetros. O dia começou bem cedo, como combinado o António veio ter comigo pelas 8h30, mais uma vez os TANDUR foram juntos a mais uma prova, e fomos nos em direcção a zona de chegada, mais propriamente muito próximo da estação de comboio em Santo Amaro de Oeiras para deixar lá o automóvel. Ate lá correu tudo normalmente, mesmo no estacionamento não houve problema, dirigimo-nos para a estação e apanhamos o comboio das 9h19 fomos em direcção a Algés, estava cheio parecíamos “sardinhas enlatadas”. Ainda deu tempo para ir beber um cafezinho, o António dirigiu-se para zona sub-45 e eu para sub-48. Eu mal entrei assustei-me com tal aglomerado de camisolas azuis/cinza e disse para mim mesmo “não vai dar para correr”, mas a minha intenção não era correr muito rápido. Pensando que estava muito atrás, pelo menos do sub-45, decidi “furar” a barreira de camisolas para estar o mais perto possível dos sub-45, “furei” e fiquei bem perto, perto demais já estava na zona que não era a minha, no final o António disse-me que me tinha visto a “galgar” os atletas, que já estava na zona de sub-40, não era a minha intenção. Foi problema de principiante nesta prova. A partida marcada para as 10h foi como previsto sem qualquer problema. A minha prova correu melhor do que estava espera, em dia muito soalheiro foram 10 quilómetros entre Algés e Oeiras a correr ao lado do Tejo “saboreando” a vista espectacular, umas das coisas boas que esta corrida tem de melhor. Após o tiro de partida fiz os metros iniciais a furar ultrapassar os atletas ate passei o António e nem o vi, disse-me a mim no final, logo depois tentei encontrar o meu ritmo sentia-me muito bem nem dores no joelho, passei os primeiros 5km com 24:11, terminando com 48:20 tempo do chip, com uma média final de 4:54 por quilómetro. Classifiquei-me no lugar 1818 da geral. Em Masculinos o melhor classificado Hélder Ornelas com tempo de 30:12, em femininas Jessica Augusto foi a melhor classificada com tempo de 33:05. Classificações aqui. Foi uma boa prova para mim, que não estava espera que fosse assim, tinha em mente de percorrer em mais tempo. No final cada participante recebeu um saco com uma água, uma bebida isotónica e uma barra de cereais. Cada participante recebeu também uma medalha da prova. Em várias tendas os participantes tiveram ao dispor frutas, e gelatinas. Uma referência final para louvar o comportamento das muitas pessoas que estavam a assistir e a aplaudir com bastante entusiasmo a passagem da corrida, com muita música à mistura, bandas filarmónicas, bandas de rock “MTV”, e orquestras, que deram muita animação aos corredores e apoiantes. Para todos aqueles que participaram nesta prova, muitos parabéns.


Continuação de bons treinos.



Diploma 29ºCorrida do Tejo

sábado, 24 de outubro de 2009

Antevisão 29ª Corrida do Tejo 2009

Palácio Ribamar em Algés




No próximo Domingo disputa-se a 29ª Corrida do Tejo na distância de 10km com partida em Algés e a meta em Oeiras, que participarei pela primeira vez nesta prova e estou bastante ansioso de poder alinhar na partida.
Hoje fui ao Palácio Ribamar em Algés levantar a minha t-shirt dorsal da Nike Sphere Dry (tecnologia topo de gama da Nike), de cor azul e cinza muito gira pelo sinal. Vou correr com o dorsal 4537. O número total de inscritos na 29ª edição da Corrida do Tejo é de 10 mil, o que confirma esta prova como a maior competição na distância de dez quilómetros, em Portugal (medição oficial da FPA/CNEC, 27.06.2009), e que vai ter o tiro de partida às 10h00, no Domingo, dia 25 de Outubro.
Os já habitais treinos de preparação foram organizadas pela Câmara Municipal de Oeiras e pela Nike cinco Sessões de Treino, nos fins-de-semana anteriores aos da corrida, pois, “é nos treinos que se ganham provas e não no dia da competição”…, que contaram com a participação de um conjunto significativo de atletas de renome, entre os quais Vanessa Fernandes, Carlos Lopes, Sandra Teixeira, Francis Obikwelu, Diana Gomes, Rui Silva. Atenção não se esqueça de atrasar uma hora nos vossos relógios nesta madrugada.
Lado a lado com os milhares de atletas amadores, de todas as idades que permitam competir, a edição deste ano da Corrida do Tejo irá contar com a presença dos atletas portugueses, Rui Silva, Vanessa Fernandes, Sandra Teixeira, Hélder Ornelas, Leonor Carneiro e Jessica Augusto, entre outros. Rui Silva atleta meio-fundista, que vai partir com o n.º 1 na camisola. O vice-presidente da CNO Paulo Vistas, que vai entrar em prova com o dorsal n.º 10.000.
Para recordar, depois os participantes poderão levantar gratuitamente entre os dias 7 e 11 de Novembro o seu diploma de participação e um vídeo da corrida na Sport Zone do C.C.Oeiras Parque.
Era bom, mas no meio da imensidão azul/cinza, reencontrar alguns companheiros blogosfera.
Segundo as previsões o tempo estará bom para a prática desportiva. Para todos aqueles que vão participar nesta prova uma manha domingo cheia de emoções.


Até domingo...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Satisfação

Uma satisfação que acabei de gozar e cuja lembrança está fresca e ainda próxima, voltei a correr depois de uma paragem divido a lesão. Pequeno derrame no fundo de saco sub-quadricipital. Lâmina liquida que envolve o ligamento externo com cerca de 23mm, atribuível a bursite. Resultado obtido numa ecografia, agora vou entrar num plano de reabilitação, tenho de frequentar consultas de fisioterapia, por estes factores que estive 16 dias sem pegar nos ténis para correr, vontade não faltava, na realidade estava sob dois domínios soberanos, a Dor e o Prazer, a norma que distingue o que é recto do que é errado. Pois sendo, ontem voltei a ter o prazer de correr, regressado a casa após mais um dia de trabalho logo comecei a prepara-me para sair, e foi mesmo perto de casa que fui treinar, por volta das 19h lá fui eu, sempre muito atento ao tráfego de automóveis muito fluente, com muita cautela num trote lento para que não houvesse alguma recaída da lesão, vendo muita gente de todas as idades nas suas caminhadas e corridas, lá fui pé ante pé na minha tarefa. Já era noite quando terminei o meu percurso. Foi um treino de 10km num tempo de 60min, bem lento mas teve de ser assim, correu tudo bem ate aos últimos metros, pois comecei a ter umas pontadas de dor no joelho, e ai abrandei ainda mais o andamento para não ter alguma surpresa, nada de anormal se detectou hoje felizmente não tive dores. Espero que este seja o primeiro de muitos a seguir nos tempos difíceis que acabei de atravessar.

E a vida de atleta!!

Circuito




Continuação de boas corridas

domingo, 11 de outubro de 2009

NOSSO FAROL

Desde 1866 foste tu

Ante-âmbolo da nossa infância
Mirante dos nossos sonhos
Luz guardião da esperança
Que embalou nossos anos mais risonhos
Ex-libris d’um lugar harmonioso
Lá no alto como grande e distinto senhor
Como um verde mastro elevado e orgulhoso
Te mantiveste erecto, altivo em teu labor
De cintilante brilho te revestiste
Abrindo em tua luz verde esmeralda
os caminhos do rio que te embalou
E, em ti viveu...
E um dia sem aviso
Te arrancaram p’la raiz
e o lugar, que contigo foi feliz
Assim ficou castrado e entristeceu

E a tua formosa luz se apagou
Murchou p´ra sempre
Vivendo hoje somente
Em nossa saudosa mente



Poema Inédito de AnyAna

Foi uma excelente manhã de domingo. Treino de Bicicleta


"Percurso"


Hoje, e ao fim de doze dias que não treinava, porque infelizmente tendo contraído uma lesão depois de ter feito uma ecografia ao joelho esquerdo detectaram um ligeiro derrame e um estiramento no tendão lateral esquerdo, por isso esta paragem forcada na corrida. Com muita alegria hoje regressei mas ainda com alguma cautela e fiz um treino longo mas desta vez de bicicleta mas em estrada em vez de corrida, para não ser tão agressivo para com o joelho, assim como tinha planeado com o meu pai iríamos percorrer mais ou menos 30km. Durante esta semana transacta fiz três treinos de bicicleta fixa em casa perfazendo 55km. Então hoje bem cedo pelas 8h00 lá fomos com inicio da minha casa, no Monte de Caparica que nos levaram ate Cacilhas ai foi a primeira paragem para tiramos algumas fotografias perto do farol, que esteve junto ao cais fluvial entre 1885 e 1978. Em 1978 o farol, foi desmantelado e seguiu para a Ponta do Queimado, na freguesia da Serreta, na ilha Terceira, Açores. No passado dia 18 de Julho de 2009 foi a cerimónia de inauguração da reinstalação do antigo Farol de Cacilhas. Continuamos o nosso percurso passando pela Cova da Piedade, Laranjeiro, Corroios, Amora, Cruz de Pau, Fogueteiro aqui fizemos a nossa segunda paragem pois o meu “velhote” não tem muitos treinos para tal quilómetros aqui já íamos com 17km, lá bebemos água comemos umas barras, recuperamos o fôlego e seguimos sendo também o ponto de retorno indo por Amora, já Corroios paramos porque o meu pai quis ver os seus “meninos”, os pombos, para ver se estava tudo em ordem, sendo ele columbófilo que tem em Santa Marta do Pinhal o seu pombal, depois prosseguimos em direcção da Sobreda, Universidade Nova de Lisboa terminando no Monte de Caparica mais propriamente na rua aonde moro, aonde já estavam a espera a Ruth e Carolina. Este foi particularmente um treino agradável, e o consegui fazer sem que o meu joelho se ressentisse do esforço, um bom sinal, em referência de estar a efectuar uma recuperação favorável, percorremos no total 33.8km no tempo de 2.05minutos,contagem no Conta km da bicicleta, no tempo total com paragens de 2.35minutos. Pois sendo dia de eleições autárquicas seguisse o meu direito (mais que dever) de votar foi exercido antes do almoço para evitar grande aglomerado de pessoas.
Foi uma excelente manhã de domingo.

Continuação de boas corridas


Cima Esq.: No inicio pai e filho
Cima Centro: Eu junto ao farol Cacilhas
Cima Direita: Dois em Cacilhas
Baixo Esq.: Eu ja no Fogueteiro
Baixo Centro: Dois em Corroios
Baixo Direita: Quando termina-mos

domingo, 4 de outubro de 2009

10ª Meia Maratona de Portugal VODAFONE (II)

Cima Esq: Ruth, Carolina, Aida, Vitoria, Isabel, local de partida
Cima Centro: Decorrer da prova
Cima Direita: Carolina no final
Baixo Esq: Minhas Meninas
Baixo Centro: Novamente todas com
Helder Reis
Baixo Direita: Ruth, netas e avó

Foi neste domingo que se realizou a Meia Maratona, uma manhã muito tímida com algum nevoeiro, que no decorrer da manhã tornou-se quente e muito abafado, muito mau para os atletas. Como combinado fomos bem cedo para o Parque das Nações, dirigimos para o local da realização do passeio avós e netos e o António foi para o local de embarque, porque para a linha da PARTIDA só poderiam utilizar os autocarros da Carris que transportavam os atletas. Senti uma certa pena, e tristeza, de não ir também, mas, este ano não deu para realizar um desejo que tinha em participar nesta prova, para o ano que vem espero conseguir fazer prova. Acompanhei as meninas então no passeio avós e netos, dirigimos para o local de inscrição ate me deram dorsal e uma Tshirt alusiva a prova, e no final ate me deram alguns brindes, nada mau. Acerca da prova competitiva (21,095Km) com Partida da Ponte Vasco da Gama e Meta em frente ao Pavilhão Atlântico / Parque das Nações, estiveram 2000 classificados que no total de todas as provas de 17 000 inscritos, a partida deu-se a hora prevista 10h30, onde os quenianos lá dominaram nos (21095Km), Silas Sang, em masculinos, e Helena Kirop, em femininos, venceram. Sang repetiu a vitória de 2008 e estabeleceu um novo recorde da prova, ao terminar com o tempo oficioso de 1:00.19 horas, deixando o seu compatriota Emmanuel Mutai no segundo lugar, enquanto Nicholas Kiprono, do Uganda, terminou em terceiro. Rui Pedro Silva, sexto classificado, foi o melhor português, terminando à frente do espanhol Chema Martinez. No sector feminino, Helena Kirop cumpriu o percurso em 1:10.24, deixando a portuguesa Dulce Félix a 19 segundos. Marisa Barros terminou em terceiro. Classificações aqui. Afinal o queniano Paul Tergat nem sequer apareceu, seu empresário, o italiano Frederico Rosa, não conseguiu contactar o atleta estando desaparecido no Quénia há mais de uma semana. O suíço Heinz Frei foi o vencedor em cadeira de rodas, com 44.26 minutos. Alexandrino Silva, quinto com 48.23, foi o melhor português. A suíça Sandra Graf, com 51.11, foi a primeira mulher. Classificações aqui. O António realizou a prova e completou-a em 01:45:09,tempo oficial, num bom registo tendo em conta a dificuldade da mesma, palavras de corredor.

Então ate pró ano!!!

Cima Esq: Ruth e Isabel, hora do Cafe
Cima Centro: Linda esposa
Cima Direita: Vitoria e Carolina, princesas
Baixo Esq: Minha Menina
Baixo Centro: Antonio ja na parte final
Baixo Direita: Só lá falto eu

Continuação de boas corridas

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

10ª Meia Maratona de Portugal VODAFONE





É já neste próximo fim-de-semana, vai realizar-se a 10ª Meia Maratona Portugal, prova que inicialmente estava agendada para 27 de Setembro, data em que se realizaram as eleições legislativas, além da Meia Maratona, vão decorrer as provas de Mini Maratona, o Passeio Avós e Netos e a Prova de Deficientes Motores em Cadeiras de Rodas. Iria ser a minha segunda meia que eu adoraria de percorrer, pois já a tinha planeado em participar já algum tempo, mas o “azar” bateu-me a porta, isso mesmo, o joelho ainda não esta em condições de efectuar tal esforço, as dores persistem apesar de estar bem melhor, por isso vou resguarda-me para outras provas que se avizinham. Mas estarei presente, vou fazer companhia as meninas, Ruth & Carolina, Isabel & Vitoria e a avo Aida, que vão participar "18º Passeio MIMOSA Avós e Netos", e claro não podia faltar o DUR que vai a meia, o queniano Paul Tergat que se cuide!!! Os TANDUR desta vez não vão juntos para linha de partida, que pena, fica para o ano que vem! Então desejo a todos os atletas um domingo cheio adrenalina e boa sorte para as provas.

Continuação de boas corridas