... Virtude ...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

30ª Corrida do Tejo


Corrida do Tejo, segunda participação, estava nos planos participar na condição como viria dos 20km de Almeirim (link). Em Almeirim correu tudo bem, sai sem mazelas com possibilidade de participar. Fim-de-semana de dupla jornada.


Como combinado ia na companhia do TANDUR Filipe, mas Almeirim veio com mazelas e não pode seguir comigo ate Algés, as melhoras põe-te bem, Porto esta aproximar.

A viagem ate a outra margem do rio e curta, mas tinha a incerteza onde deixar o carro, Algés ou Oeiras. A5 vai e não vai fui parar Oeiras como no ano passado, acho que foi a melhor escolha.

Já na estação de comboio de Oeiras a quantidade de atletas era enorme o apeadeiro era pequeno para tantos atletas, a viagem feita de comboio foi bem apertada com fosse numa caixa de “sardinhas enlatada”.

Chego Algés a confusão era ainda maior, boa moldura humana que predominava o amarelo t-shirt oficial da prova, muita animação o ambiente era fabuloso, cerca de 10000 participantes pularem, gritarem ate cantamos a música dos Xutos&Pontapes improvisada do tema “Maria”, lindo.

Ainda com algum tempo efectuei alongamentos e aquecimento em corrida, revi caras conhecidas, Fábio Dias, Hanilton, Carlos Fonseca, Nuno Romão, o Carlos Lopes que o vi final.

Com a fita dos sub40 que me forneceram por engano no acto do levantamento do dorsal-t-shirt , agradeço o engano claro que aproveitei para estar nesse espaço restrito, mas nesse local estavam presentes pessoas que com certeza não iriam fazer menos que 40min, como eu, depois presenciei poucos metros a frente depois da partida já estavam andar, aja paciência.

Excelente organização pela Nike em parceria com a C.M.Oeiras que já vai na 30ª edição, com o enorme numero de atletas melhor não podia ser, Kms assinalados, animação ao longo do percurso com bandas de musica em menor número do ano passado, abastecimentos bem situados em abundância, num percurso com o seu grau de dificuldade, esteve uma manha magnifica para correr lado a lado com o Tejo.

Da minha participação tenho a dizer que correu muito bem, nem estava espera que corresse tão bem. Parti bem os primeiros metros um pouco mais lentos devido ao elevado numero de atletas, depois meti andamento sempre no pensamento ate quando durava o combustível, ia ganhando quilómetros sentia bem ao mesmo tempo ganhava confiança para continuar o ritmo que levava. A 2km do final a ultima subida para ultrapassar as pernas começavam a pesar, olhava para relógio ia bem, já no lado contrário da meta não conseguia aumentar o ritmo, estava “preso”, só faltava ir a rotunda e fazer os últimos 400m bem queria fazer sprint mas não dava.

Termino a minha participação na 30º edição da Corrida do Tejo, nos 10,100km marcados pelo Garmin, em 42’39’, na distancia é o melhor registo, fiquei no 669º lugar em 9262º atletas na geral da classificação.

Fica a faltar apenas 14 dias para Maratona do Porto o trabalho está feito, agora vai ser rolar ate ao Grande Dia.

domingo, 24 de outubro de 2010

20 km de Almeirim

Familia Blogosfera Corredora em Almeirim
(Foto Adelino)

Ontem participei na 24ª edição dos 20 km de Almeirim, Rota da Sopa da Pedra. Há um ano atrás tinha programado participar mas o joelho não o permitiu em que fiquei desiludido, mas este ano regalei em correr pelas ruas de Almeirim numa bonita festa do desporto, muito convívio com bons amigos, a organização quanto a mim esta de parabéns boa organização, bem situados e bons abastecimentos, Kms assinalados, no final amplo espaço para todos conviverem e saborear a sopa da pedra, para ano voltarei.


Como regularmente tem acontecido fomos na companhia da família Almeida, chegamos cedo Almeirim, entre levantar os dorsais equipar e falar com os amigos o tempo passou e já era hora de começar a correr pelas ruas de Almeirim, em circuito praticamente plano, os 5k iniciais foram percorridos por Almeirim, depois até Alpiarça rotunda dos Patudos, seguimos pela direita junto ao afluente da barragem de Alpiarça e retorna a Almeirim

Os TANDUR marcaram presença, junto de bons amigos, o Adelino, o Daniel que esteve apoiar, o Mota e Susan, Mário Lima, Brito e Otilia, Carlos Coelho, José Melo, Nuno Romão, o Luis Parro que fiquei contente e surpreendido de o ver ali acompanhado pela sua esposa, entre outros. Iniciei a minha estreia em que os primeiros 5km foram um pouco difíceis por sentir cansaço, aos 5km passamos pela zona da Partida/Meta estavam as minhas princesas apoiarem, tive a oportunidade de tocar na mão pequenina da Carolina. Com a companhia do TANDUR Filipe, fizemos a prova juntos, ao longo do percurso ia incentivando e incentivado pelos amigos. Depois do retorno aos 12,5km a prova renasceu, sentia-me bem com força e aumentei o ritmo, que deu para ultrapassar muitos atletas uns parados e outros bem mais lentos tal era a facilidade que os ultrapassava.

O Filipe por volta dos 14km começou a sentir dificuldade em seguir o ritmo, fui sempre incentivando em colar-se a mim para que não ficasse para traz, penso que o ajudei. Os quilómetros passavam-se ate que começo ouvir musica, o Filipe ficava, e dizia “vai ter com a carolina”, já via pórtico da meta, bem que olhava para aquele amontoado de pessoas para encontrar a minha princesa, não estava e cortei a meta, sozinho. Ilações que tiro deste dia que correu muito bem o treino/prova a caminho do Porto, o trabalho ao longo destas 8 semanas é satisfatório que no Porto ira correr dentro das minhas perspectivas, terminar bem!

Termino a minha participação nos 20km de Almeirim, nos 20,130km marcados pelo Garmin, em 1H29’06, no 89ªlugar no escalão Sem/M, no 249º lugar em 643º atletas na geral da classificação.

No final, a Festa animada com música e baile pezinho de dança que o Mário e a esposa nos proporcionou, convívio com os amigos da blogosfera, a refeição regional a saborosa Sopa da Pedra para restabelecer energias, caralhotas, sumos, vinhos e fruta, produtos regionais, e como sempre fomos uns dos últimos abandonar o recinto.

Hoje dei continuidade ao treino com a ida a Corrida do Tejo (link)

domingo, 17 de outubro de 2010

Treino Longo

Hoje completei a sétima semana faltando três semanas de preparação para grande dia, Maratona do Porto. Como programado era o ultimo treino longo, fiz o treino na companhia do Filipe e do António, os TANDUR, juntando-se a nós meu amigo de infância o Nuno Filipe “Gangas” que nos acompanhou de bicicleta.


Depois de uma noite de trabalho apresentei-me na hora marcada, 8h30, local de encontro Cruz de Pau onde reside o “primo” Filipe. Eu e o Filipe iniciamos o treino, dirigimo-nos ao encontro do António que vinha de Corroios, juntos retomamos a direcção da Cruz de Pau, continuando pela estrada dos Foros da Amora passando por Pinhal Verde, Verdizela, e Fonte da Telha, Aroeira, Charneca da Caparica ate ao Lazarim ai convergimos para estrada nacional 10, Sobreda, Alto do Indio e seguimos em direcção ao Parque da Paz local predilecto para treinar, aí terminamos o nosso “longo”.

No Parque da Paz estavam presentes as minhas meninas, ainda deu para correr de mão dada com a Carolina, estavam na companhia da Isabel e da Vitoria. Perfizemos o percurso "aqui" de 30km em 2h45, como eu tinha previsto.

Falta apenas 21 dias para Maratona, antes vou a Almeirim e Corrida do Tejo.

Continuação de bons treinos

domingo, 10 de outubro de 2010

Meia Maratona Ribeirinha da Moita

Tirada pela Susan

Hoje participei na 13ª Meia Maratona Ribeirinha da Moita, Moita é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, margem sul do Tejo. Está de parabéns o Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, CABB, pela sua boa organização, juntou uma boa moldura humana, percurso bonito cortado ao trânsito, desta vez não ouvi buzinadelas, os abastecimentos bem situados e bem composto tanto por bebidas como colaboradores, assim incentivam para voltarmos a uma nova edição.


Cedo dirigi na companhia dos TANDUR, Filipe Fidalgo, António Almeida e sua família, eu estive solitário as minhas meninas optaram por não ir, pela incerteza do tempo. Prova inserida no meu plano de treino rumo ao Porto, direi que está a correr dentro das normalidades como programado, faltando só Almeirim e corrida do Tejo, depois o grande dia.

Chegamos com tempo suficiente para levantar os dorsais e efectuar um ligeiro aquecimento. Estiveram presentes amigos da Blogosfera Corredora, Luís Mota e sua família simpática, Joaquim Adelino que só o vi na zona de partida e durante a prova, entre outros companheiros de corrida.

Como programado as 10h30 iniciou a prova numa manha prefeita para praticar desporto, percurso totalmente plano com índice de dificuldade baixa, logo de inicio segui forte num ritmo bom na companhia do Filipe o Antonio deixei de o ver logo na confusão da partida só o revi por volta do 6km num cruzamento de atletas, coincidido com o abastecimento em que aproveitei para tomar um “gel”. Passei ao 10km, sensivelmente com 00:44, com inicio de prova a solo o Filipe tinha-se adiantado. Aos 12km passei pela zona de Partida/Meta lá estavam presentes a Isabel e a Susan de máquina a punho, Mariana e luís Carlos, ai senti algum conforto com o apoio recebido, faltando o apoio da Ruth e Carolina. Faltando apenas 9km tentei manter um bom ritmo reencontrei alguns amigos, Sergio equipa “talenter” que corri nos Trilhos de Almourol, e o Manuel Silva, indo ao mesmo tempo cruzando com os participaram na Mini, que iam incentivando e tirando fotografias. Aos 15km por volta disso novo abastecimento, reforço com segundo “gel”. Antes do final aos 18km uma subida longa, pouca inclinação ai as dificuldades começaram, quebra do ritmo e a maldita bolha no pé que adquiri no Trail Grande Lago que dificultou durante a semana, custou um pouco. Termino a minha participação conseguindo construir o meu melhor tempo na Meia Maratona, nos 21.260km marcados pelo Garmin, em 1h34’54, marcou mais 8seg cronometrados pela organização é a velha historia, a marcação do chip não prevalece do inicio, fiquei no 85ªlugar no escalão Sem/M em 174 atletas, no 210º lugar em 522º atletas na geral da classificação.

Mais uma semana dando continuação ao plano de treino, pelo menos tentar para que isso aconteça. Este fim-de-semana faço uma pausa voltando daqui a quinze dias para dupla jornada, Almeirim e Tejo.

Uma boa semana para todos.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

7 de Outubro 2010

"Zé " 1938 / 2010




Se eu pudesse….Hoje….Só te Abraçaria….Beijaria….
Hoje era o teu aniversário, perfazias 72 aninhos.
Recordamos de ti “”, com muita saudade.
A saudade, esse sentimento único.
Que nos mostra quem são as pessoas, que realmente marcam nossas vidas.
És uma dessas raras pessoas, que nós nunca esqueceremos.
A saudade é um sentimento que nos alegra por nos dar a certeza que temos a ti “”, no nosso pensamento e também nos entristece, por lembrar que estás distante.

Sentimos a tua falta.

Parabéns

Ruth, Vítor e Carolina



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

I Trail Terras do Grande Lago-Alqueva

Mais uma dupla passagem

Parabéns Luís Mota

Primeiro vou felicitar aqui no meu cantinho o amigo Luís Mota, pela conquista do primeiro lugar nas I Trail Terras do Grande Lago, quem trabalha recolhe os seus frutos. O primeiro de muitos, muitos Parabéns.

As terras do Grande Lago

Ontem participei no I Trail Terras do Grande Lago que dos 34km iniciais foram alterados para pouco mais de 36km devido ao dia de caça e falta de amabilidade de alguém. Evento organizado por pessoas/atletas que sabem o que fazem, sabendo o que os atletas precisam acolhendo-os bem, oferecendo sempre o melhor, “O Mundo da Corrida”.

No meu entender, percurso bem elaborado, foi escolhido ao pormenor fizerem um óptimo trabalho de pesquisa no terreno, um Trail com dificuldade media um autentico”carrossel” do primeiro quilometro ao ultimo, percurso baleado “qb” faltando algumas fitas nalguns sítios, abastecimentos bem recheados só o primeiro muito próximo do segundo mas como não esteve muito calor quase não se notou anomalia, no geral acho que correu tudo bem
.
Os TANDUR e famílias dirigimos bem cedo para terras alentejanas. Portel é uma vila portuguesa, no Distrito de Évora, o local de concentração dos atletas, ai tínhamos transporte que nos levaria ate ao local de partida em Alqueva. Prova que não pretendia ter falta de comparência, mas desde terça feira que passei mal, o vírus da gripe invadiu-me o sistema imunitário e todos sintomas de mau estar, mas ao fim de 5 dias a “lutar”, sábado já me sentia melhor e nos meus planos para domingo, era participara ate aonde conseguisse, felizmente correu tudo bem.

Portel local de concentração de vários amigos, não vou evidenciar nomes dizer apenas “Blogosfera Corredora” e conhecidos, foi bom revê-los a todos num dia de muita alegria, convívio, brincadeiras sem faltar a corrida. Depois de uma curta viagem ate Alqueva, barragem nem vela, local de partida no átrio da Junta de freguesia de Alqueva, com banda filarmónica tentar aquecer os ânimos porque o frio e muito. Sensivelmente pelas 9h30 deu-se o inicio, pouco antes tinham partido os caminheiros, parti bem num ritmo ate bastante rápido para os quilómetros da prova, logo deixei de ver o TANDUR e passei a correr “sozinho”, os 15km iniciais foram feito num “estradão” num sobe e desce continuo, presente uma paisagem lindíssima do Alqueva, lago artificial um enorme espelho azul que nos invadia a visão pois é o maior lago artificial de toda a Europa, corríamos junto as margens do Lago. Corri junto do amigo Fernando Rodrigues ate ao momento que ficou para traz. Ao 10km passei sensivelmente com 48’00, aos 22km que coincidiu com um abastecimento estava com 2h00 de prova.

Depois do “estradão” as dificuldades começaram a aumentar, os montes alentejanos começavam a evidenciar, quem diz que o Alentejo e plano engana-se redondamente, transpor fortes inclinações negativas que as tinha de fazer andar, com descidas algo perigosas e matreiras. Para dificultar mais fazia-se sentir um forte vento que levantava enormes nuvens de pó. Nestas provas há sempre a probabilidade de haver enganos, isso aconteceu-me, seguia atrás de um grupo e numa sebe que teríamos de baixar um pouco para passar, mas as fitas estavam lá, seguimos pelo monte acima. Para mim o engano não foi muito, porque quando deparei com todos parados a olharem para todos os lados, pensei, “e pá estamos enganados”, recurso voltar para traz.
Ai reencontrei o F. Rodrigues que ate final seguimos juntos com a companhia de outro atleta, com esse mesmo atleta aconteceu o mais caricato, sentia uma dor na anca e no abastecimento dos 28km estava presente uma ambulância com três profissionais, ao dirigir-se perguntando se tinham spray que alivia-se a dor, responderam com prontidão, “Não temos nada disso”, a indignação constatou-se, pergunto, e normal isto? Prossegui para os últimos km, continuando o sobe e desce ate que falo com a Ruth por telemóvel para informar que estava tudo bem e já ia no 30km, eis que recebo uma noticia fabulosa mas ele merece e muito, que o Luís Mota tinha ganho a prova, fiquei contentíssimo. Depois do ultimo abastecimento uma subida feita a pé/correr já no cimo já se avistava-se no horizonte o castelo de Portel, o final estaria para breve e o merecido reencontro com as minhas meninas, Carolina a minha espera para ultrapassar-mos mais uma meta juntos. Termino a minha participação no I Trail Grande Lago, nos 36.300km marcados pelo Garmin, em 3H29’23, no 15ªlugar no escalão Sem/M, no 41º lugar em 143º atletas na geral da classificação.


Duplo Finish

Depois de um reconfortante banho foi ao encontro do pessoal e dar um forte abraço ao campeão Luís Mota. Já era tarde e a fome apertava, e o cozido de grão à alentejana a nossa espera, estava óptimo faltou apenas um pouco de tempero. A chuva tinha chegado e com força, dirigimos para o auditório municipal para entrega dos prémios ao mesmo tempo que visionávamos as fotografias da prova numa tela gigante em autentica algazarra, especial a congratulação do primeiro da geral. Hora da despedida ate pró ano, estarei de volta, mesmo antes regressar a casa ainda passamos por Évora, rever o irmão da Ruth que esta a estudar em terras alentejanas. Uma curta viagem ate Almada ao fim de um dia longo cheio de acontecimentos bons.

Próxima aventura Meia Maratona Ribeirinha da Moita.