... Virtude ...

quinta-feira, 3 de março de 2011

Corrida da Árvore



No passado domingo dia 27 de Fevereiro 2011 participei pela primeira vez na “Corrida da Arvore”. Prova de 10km organizada pela xistraca que desta vez tudo correu bem, situada no Parque Florestal de Monsanto na serra de Monsanto, sendo o principal pulmão da capital portuguesa. Bem antes da hora de partida cheguei com a companhia do Filipe Fidalgo e sua família, levantar os dorsais dois dedos de conversa com os amigos presentes e um breve aquecimento. 10h00 tiro de partida, segunda vez que corria na Serra de Monsanto, a primeira foi no primeiro treino S.Silvestre Pirata foi um sobe e desce constante, pois esta não seria diferente. Os primeiros 5km foram feitos dentro da normalidade a rondar os 21min com a companhia do Filipe, partir dai foi o descalabro total. O Filipe bem tentava incentivar-me, sinto que o meu corpo não anda a funcionar muito bem falta-lhe algo, comecei a sentir dores em todo o lado, filipe dá-me comi um cubo de marmelada dizia isso vai fazer-te bem, mas nada resultou, lutava contra mim próprio tudo me dizia para parar, basta de sacrifício, mas continuei a lutar ate ao fim. A rondar 8km sitio em que recordei em ter lá passado quando o treino pirata, bem familiar, já faltava pouco dava para ouvir o locutor que mencionava a chegada dos atletas, mas ainda faltava a última dificuldade aos 9km uma subida que penso fez mossa a muitos atletas, a prova a bem dizer foi um sobe e desce constante. Últimos 200m, falava comigo mesmo, “porra esta já está”. Foi difícil mas consegui atingir os objectos, terminar mais um obstáculo. Passei a linha de meta com 44m23s ritmo 04:26 min/km ficando 102lugar da geral, ai começou o pior, parei, debruço-me, tremia sentia-me tonto um autentico mau estar, via o Filipe acenar mas eu não estava nem ai, chego-me ao pé dele digo-lhe não estava a sentir muito bem, a Cátia preocupada aflita a procura de açúcar, e por ali fiquei uns momentos a receber auxilio. Foram momentos em que me senti bastante aflito e que nunca tinha passado. Pior foi quando chego a casa e começo a vomitar, fiquei preocupado comigo nem sabia se era grave ou uma crise passageira, afinal foi tudo uma crise passageira no dia a seguir já me sentia bem melhor, depois disso já corri e nada aconteceu, tudo tranquilo.


Falando de situações alegres que fica para mais tarde recordar, todos os atletas recebiam um primeiro manso, tinha-me ficado na ideia quando o tivesse o iria plantar com a Carolina, para que ela sentisse acção que estava fazer e de ver o seu pinheiro crescer, ela adorou a aula de bricolage e eu também. Como disse a Carolina, “ Este pinheiro vai crescer contigo”.




Domingo estarei!! nos 20km de Cascais também será a minha estreia, espero que corra melhor que esta ultima.

8 comentários:

joaquim adelino disse...

Vitor, espero que já esteja tudo bem. Penso que aquilo foi uma ligeira indisposíção motivada por forçares mais do que devias, isso é normal.
Um abraço e até Domingo em Cascais.

Joka disse...

Vai ficar zerado !!! Bons treinos

luis mota disse...

Força aí companheiro.
Votos de boa prova para Cascais. Cuidado, são 20 Km.
Luís Mota

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Olá Vitor. Pois no quintal do meu pai cresce um pinheiro que já está mais alto que eu (ganho nessa mesma corrida há uns bons anitos) Nos últimos anos não a tenho feito, por nenhum motivo especial, pois era corrida que bastante me agradava, e também admirava e gostava desse prémio especial. Um dia lá voltarei por certo.

Beijinho
Ana Pereira

Luis Parro disse...

Amigo Vitor,
Soube agora que tiveste esse contratempo no final...Felizmente´tudo não passou de uma má disposição, estaremos em Cascais para tirar isso a limpo! Até Amanhã!!!!

meglorien disse...

Soa-me a baixa de açúcar. Nas lojas de desporto aqui vendem comprimidos para os atletas terem consigo, quando isso acontece.

Ainda bem que já está tudo bem ;-)

Meggy

Mário Lima disse...

Olá Vítor

Quando a gente está em baixo até os cães nos mijam em cima. Tudo nos acontece.

Temos que ir à bruxa. Eu não acredito mas pelos vistos...

:))

O teu "stress" é muito e foste vítima disso. Rapaz, tudo na vida tem remédio e o que não tem remediado está. Coração ao alto e segue em frente.

Amanhã é um novo dia e que em Cascais brilhe o sol (mesmo que chova) para ti... Para todos nós!

Abraços

Tiago Antunes disse...

daeee bons treinos, e vamos lá!!!