... Virtude ...

sábado, 12 de novembro de 2011

8º Maratona do Porto


 
Já há muito estava programado o regresso ao Porto para participar mais uma vez na mítica distância de 42,195km, Maratona do Porto onde me sagrei Maratonista, correr uma maratona é duro mas muito especial. No sábado partem de Lisboa em direcção a cidade invicta dois autocarros disponibilizados pela organização em troca de um valor simbólico, cheios de entusiasmo alguns faziam a sua estreia e outros voltariam a percorrer a distância, obrigado Ana Pereira pela tua dedicação. No passado domingo foi a minha terceira Maratona, correr uma Maratona também é algo que exige de nós muito e muito trabalho treino, nesta apliquei o mesmo plano que implantei para primeira Maratona, tudo decorreu dentro da normalidade com quatro treinos semanais, no ultimo mês antecedente tudo se alterou, o não cumprimento do plano treinos e o pouco descanso estava tudo virado do avesso, ai a preocupação e falta de convicção antevia que não seria fácil!!! Já na invicta no Centro de Congresso Alfandega do Porto para efectuar o levantamento do kit de participação, ai afluência e aglomerado de pessoas era notável a fila era longa, com longa demora. A refeição do almoço foi a inevitável Massa servida no recinto, PastaParty.

Dia 6 de Novembro de 2011 pelas 09h00, na Cidade do Porto, Maratona do Porto com partida no Palácio de Cristal, e chegada no Parque da Cidade com um percurso fantástico, um evento de referência nacional e internacional, vê-se pelo grande número de atletas de muitos e variados países que fazem questão de se inscrever, numero que aumentou desde a última edição. O nervosismo antes da partida e o frio que se fazia sentir estava ser-me um forte adversário. Suou o tiro de partida era inicio de uma grande caminhada ate ao termino da mesma com incerteza de quanto tempo demoraria e se chegaria ao final, como comentaria durante a mesma, “isto vai ou racha”. Ate aos 10km o pelotão vai compacto, coeso sem saber a distancia de cada um iria fazer, subitamente a partilha de emoções separa-se e inicia-se a caminhada dos Maratonistas e dos futuros maratonistas. Como é bom correr quando somos acarinhados, incentivados pelo público e especialmente pelos próprios atletas, amigos que quando cruzamos hão-de sempre de existir reserva de força para incentivar o próximo, ajuda imenso. Da ponte Dão Luís ate Afurada é um pulo, ai o retorno coincidindo com o meio da Maratona em que passo com 01h36’32, agora de regresso ao Freixo seria o ponto de retorno com 28km, começo a ganhar mais confiança para o que faltava para término da mesma. O tempo continuava frio o Sol tímido não fazia aquecer, senti frio nas mãos e braços ate por volta dos 23km.



A terminar 3º Maratona


Aos 28km onde iniciei o desafio há minha preparação efectuada, sentia bem fisicamente dava-me mais confiança, aos 30km passo com tempo de 02h16’53, nos últimos quilómetros consegui manter o ritmo bom que levava ate mesmo diminuir o tempo/ritmo por km, o mesmo aconteceu na edição anterior!!! Nestes últimos quilómetros deu-me a perceber que a distância impõe respeito, pois passei muitos atletas que por outrora passaram por mim, ai tem que prevalecer os treinos não descorando que o corpo humano não é uma máquina que pode ceder sem percebermos a razão, aqui ate mesmo aos mais experientes quebram. Durante a prova sentia que faltava algo, com aproximação da meta nota-se mais essa falta, faltava pouco mais de 2km a derradeira subida, o ultima forcing ate á consagração. Com a meta a vista o apoio aumentava, olhava para todo o lado mas a Carolina não estava para que a satisfação fosse maior, no imaginário esteve presente mesmo estando distante.

Conclui a Maratona do Porto com uma distancia superior cronometrados pelo meu Garmin 42,65km em novo PR, 3h11’10 oficioso ritmo de 04:29 min/, classificado no 47º lugar no escalão M35, no 228º lugar em 1514º atletas na classificação geral, onde representei a equipe Asas do Milenium.

Depois do concluir o objectivo em terminar aproxima-se o próximo que também passa por terminar, Maratona de Lisboa, será quarta!!

Os meus parabéns a todos os atletas, os que terminaram e aos que por algum motivo não puderam fazer.

 

6 comentários:

Ricardo Baptista disse...

Fantástico tempo, Vitor.
A continuares assim, não tarda a baixares as 3h.
Grande abraço.

Filipe Fidalgo disse...

"Primo",
Grande resultado para uma excelente prova. É sempre a descer e mesmo quando não é a malta arranja maneira de ser. Parabéns por teres mais uma maratona do currículo.

grande abraço
Filipe Fidalgo

Henriqueta Solipa disse...

PARABÉNS! ESPECTACULAR....

beijinho e continuação de boas provas ;)

luis mota disse...

No bom caminho caro Amigo.
Um pouco de descanso e estás lá. Qualidade não falta.
Boa semana para ti

Joka disse...

Bom pra caramba guerreiro...ultra parabéns !!!! Ahuuuuuuuuuuuuu

Pedro Ferreira disse...

Só fica espantado quem não te vê treinar!
Campeãããããoooooooooooo!