... Virtude ...

domingo, 11 de dezembro de 2011

26º Maratona de Lisboa




Um mês passou e voltei a correr a mítica distância de 42,195km, a 26º Maratona de Lisboa na minha cidade a 4º em que participo. Mesmo assim os dias antecedentes foram de ansiedade e de nervosismo. Nesta Maratona tive direito a estágio 5*, tive a fantástica companhia da Família Mota. Cheguei cedo as imediações do Estádio 1º de Maio, estava com curiosidade em rever os estreantes o (afilhado) Pedro, Fábio, Hanilton, e o regresso á Maratona do Mário, não consegui rever todos só o Mário e o Pedro, houve tempo um a um fui reencontrando os amigos, que agradável! Mas fico feliz em saber que tenho muitos e bons amigos e sei que posso contar com eles, obrigado amigos! Felizmente Estava tranquilo e depressa chegou a hora da partida, o tempo era propício para prática de desporto, bem diferente da edição anterior. O percurso da Maratona o mesmo, durinho num sobe e desce e com os últimos 4km o mais complicado em efectuar, do Terreiro do Paço ate Areeiro a fatídica Av. Almirante Reis numa subida dramática, do ponto de vista que os maratonistas já tem nas pernas muitos quilómetros. Ate a Meia Maratona fui rolando a bom ritmo com a companhia de um veterano das Maratonas companheiro de equipa das Asas do Milenium, Cirilo Santos. Passei ao 10km com 44min, á Meia Maratona na zona de Santos, passei com 1h32 fiquei contente mas depressa fiquei desiludido ao ver uma enchente de pessoas a “bloquear” a passagem. A prova da Meia Maratona tinha iniciado as 10h30, 2min antes há minha chegada, tinha ficado na ideia que iniciaria as 10h que não teria problema. Entre zig-zag, encontrões, subir e descer passeios, entre insinuações desagradáveis foi ultrapassando os obstáculos, de aproveitável no meio desta turbulência, fui revendo os amigos que iam-me incentivando. Não chegando tudo isto, por volta dos 30km com 2h11'12 de prova, os problemas começavam, de um pequeno incómodo na zona do peito do pé e tornozelo a dores que levavam abrandar o ritmo, partir dai só queria mesmo terminar e ia recapitulando tudo ate então e tentar perceber esta dor, será que foi da sapatilha apertada demais ou do esforço dispensado a partir da Meia Maratona. No Areeiro a pouco menos de 2km iniciavam as cambreas, na parte posterior da coxa esquerda poucas mas que incomodava não foi necessário parar, e a dor no pé direito, só queria mesmo era terminar. Conclui a Maratona de Lisboa na distância cronometrada pelo Garmin 42,40km em novo PR 3h10’10, ritmo de 04:29 min/km, classificado no 61º lugar no escalão Senior, no 123º lugar em 1341º atletas na classificação geral, representei a equipe Asas do Milenium que esteve representada com 11 atletas na Maratona e 3 na Meia Maratona. 


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Treino Lunar / Cross Amora

Dá nisto não ter muito tempo disponível, post’s fora de tempo!

Apesar de falta de tempo, a rotina de ir correr não falha! Como é hábito e dia treino longo é ao domingo mas a uma semana da maratona não é aconselhado, não creio que prejudique! No sábado dia 26 de Novembro de 2011, 22ºTreino Lunar, já algum tempo que não reunia com os RunnersLunares para saborear a brisa marítima e correr naquele imenso areal! As 19h como programado entre uma dúzia de corredores e caminhantes, foi uma hora de treino, o areal estava uma autêntica pista, maravilha, sempre óptima companhia em grupo nem se dá pelo tempo passar! Foi bom regressar a Costa da Caparica, fui revivendo momentos bons que por ali passei.




Domingo dia 27 de Novembro 2011, Cross Internacional de Amora prova inserida no calendário do troféu do Seixal os Asas do Milenium com 44atletas presentes e entre mais de 100 equipas fomos a segunda com maior numero de atletas! Prova dividida em escalões de masculinos e femininos em distâncias diferente. A prova do escalão sénior onde estou inserido foi ao 12h15 numa distancia de 10km, 5 voltas ao recinto num percurso duro quanto basta. Pelo Garmin, 10,5km em 00:45:10 ritmo de 04:18 min/km, classificado no 69º lugar em 92º atletas na classificação geral. Ao nível do Troféu do Seixal equipas seniores do Asas do Milenium foram as mais fortes, conquistamos o primeiro lugar do pódio ao nível masculino e feminino. Custódio António e a Cátia Serôdio das Asas do Milenium foram 1º homem e 1ª mulher ao nível de todo o Conselho! No troféu do Seixal, Asas do Milenium encontra-se no 3º posto com 484pontos.





Estava praticamente concluída a preparação para Maratona do Porto!