... Virtude ...

terça-feira, 27 de março de 2012

6

A concluir a 6 Maratona

Domingo, dia 18 de Março. Corri a minha 6º Maratona, em terras espanholas a XX Maratón Popular Ciudad de Badajoz. Desta vez aconteceu o improvável, prova inesperada mas com muita adrenalina à mistura, nunca sabemos o que o futuro nos reserva.
Desde que adquiri o Gramin tem sido um companheiro inseparável nos treinos e prova, mas desta vez corri sem ele, deixo-o em casa por esquecimento. Fui para Badajoz no próprio dia, acordei ainda madrugada, entre a neblina matinal e aguaceiros e falta de vontade de correr mais um dia….  Tinha uma chamada perdida no telemóvel, com uma mensagem que dizia, “ Não desistas de correr, vai para Badajoz corre a tua Maratona… Boa sorte!!” Cinco minutos depois tentei assimilar os poucos dados, foi o clique de adrenalina para por em viagem… tinha tudo preparado do dia anterior, na companhia de familiares a viagem foi curta mas tinha que ver que em espanha era mais uma hora que Portugal, Badajoz é mesmo aqui ao lado. 1h30 antes do inicio já estava em terras espanhola, 8h00 hora espanhola, na posso do dorsal, rever os amigos entre fotos para mais tarde recordar depressa chegou a hora de partida.
Foi diferente correr sem controlo sem noção de nada, descontração total… nem quilómetros, cadencia, ritmo… sabia que tinha de efetuar duas voltas e somente soube o tempo quando passei pela meta para iniciar a segunda volta, aos 20km tinha o tempo de 1h28, na qual fiquei surpreendido e feliz. Revi a família e amigos entre fotos e incentivos, foi o único apoio mais intensivo dos apoiantes ao atletas, depois era correr isolados a tal ponto que corri alguns quilómetros sem ver ninguém. Representei o Clube Atletismo da Barreira - Leiria conclui a Maratona de Badajoz na mítica distancia em novo PR 3h07:08 ritmo de 04:25 min/km, classificado no 18º lugar no escalão Sénior, no 80º lugar na classificação geral em 364 atletas. Num curto espaço de tempo tenho colocado muitos quilómetros, que tenho nutado que a recuperação esta muito lenta, sinto dores musculares principalmente nas coxas parte posterior.
Como o Mário Lima diz, “... A corrida tem um condão especial. Alivia o coração mesmo quando este sangra. Corre Vitor... Corre!”, enquanto tiver forças não irei parar…. Já penso qual será aproxima Maratona!!! Ate la há muita aventura!!

5 comentários:

José Xavier disse...

Olá Vitor;

Boa prova....isso de termos de correr só à base do ritmo imposto pelo corpo, é muito bom.
Aconteceu-me a mesma coisa o ano passado numa prova de 10 km e bati o meu record pessoal.

Sabes uma coisa...continua a correr, é a melhor medicina contra muitos males, e muitos problemas.

Um abraço amigo
dos Xavier's

Ana disse...

Bom dia,

Parabéns pela prova e espero que o resultado obtido na meia maratona de Lx também tenha sido positivo.

Será que poderia saber qual o modelo do seu garmin? É que ndo a pensar comprar um, apesar de ter um Polar,mas gostaria de ter um control mais correcto dos meus tempos e etc, mas sinceramente não sei bem qual escolher...

Obrigada,


Ana

Jordão Alves disse...

Parabéns bom tempo final...

Fábio Capitão disse...

Boas. Sou um leitor assiduo do seu blog e aqui deixo o link do meu, para o caso de querer trocar opiniões sobre corridas e espero que goste--» http://osprintfinal.blogspot.pt/

Cumprimentos

Mário Lima disse...

... neste caso até que foi bom não levares o relógio. A prova foi em total descontração e o tempo efetuado no final foi um novo recorde.

Deves fazer isso mais vezes. O relógio só "empata".

:)

Parabéns!